Artistas beneficiados pela Lei Rouanet vão ser investigados e terão que devolver milhões ao Governo

31/12/2019

"Comissão da Verdade da Lei Rouanet" vai desmascarar a bandidagem dos artistas lacradores que por décadas levaram vida mole financiados pelos impostos suados dos brasileiros. Secretário da Cultura Roberto Alvim, diz que 18 mil projetos nunca auditados já estão em seu colo. Na realidade, a mina secou logo no início do Governo Bolsonaro, mas agora o que vem é uma auditoria séria para resgatar milhões de irregularidades praticadas por esses espertalhões.

Roberto Alvim afirma; "quem quer fazer da arte veículo ideológico esquerdista, não terá lugar nessa gestão". Por isso mesmo o secretário sofre ataques diários sendo até mesmo chamado de "nazista".

Você pode também ouvir este artigo no Programa Pauta do Dia, em nossa página inicial

Essa Lei criada para ajudar os artistas menores e desconhecidos, nas mãos dos governos petistas, logo se tornou num forte instrumento de doutrinação. O esquema era o seguinte: Em vez de ajudar aqueles previstos na Lei, o governo corrupto passou a distribuir verbas entre os grandes formadores de opinião, que por sinal não precisavam, para que estes usando de sua popularidade apoiassem o governo. E não deu outra. O povo, sempre maleável acreditou nos artistas e passou a não se manifestar contra o governo petista. E claro, os artistas enriqueceram sem fazer nada. Alguns até se tornaram milionários.

Isso explica o ódio cruel que eles tem de Bolsonaro, que sempre via indignado, essa falcatrua em seu tempo de Deputado, e assim que assumiu o Governo barrou a mina de ouro desses lacradores.

Agora, com a melhor estruturação do Governo, cria-se a "comissão da verdade da Lei Rouanet". Implicará a contratação de centenas de terceirizados para em dois anos concluir prestação de contas dessa turma de preguiçosos. Só para se ter uma ideia, apenas dois deles, Caetano Veloso e Gilberto Gil, vão ter que desembolsar R$ 3 milhões por irregularidades.

Essa turma toda que, de interessante não produziu nada nos últimos 40 anos, ainda se acham artistas e pensam que tem alguma importância diante da sociedade. Há gerações inteiras que só sabem desses personagens de nome, pois na prática eles não tem feito outra coisa que não seja arrancar dinheiro do governo.

Estão atentos aos mínimos detalhes da vida de Bolsonaro para critica-lo de forma vil, mostrando ódio rancoroso. Esquecem do silêncio que fizeram diante das piores bobagens que envergonharam o país quando a Dilma diante do mundo falou em estocar vento e saudou a mandioca, também se fizeram de surdos quando Lula chamou as mulheres do PT de "grelo duro" e referiu-se a mulher nordestina como uma analfabeta.

Essas peças de velharia que de arte nunca tiveram nada e sim enganação agora vão dar conta de suas falcatruas e as novas gerações os verão como traidores, enganadores da pátria, por passar décadas usando de sua popularidade para apoiar governos corruptos e desonestos.

Não devemos esquecer que são todos esquerdistas, comunistas declarados que pregam tudo aquilo de ruim e maléfico que vem dessas ideologias que são totalmente contrárias aos ideais de Bolsonaro e de seus apoiadores conforme o estatuto da Aliança pelo Brasil. Portanto só merecem o desprezo e a indiferença dos homens de bem desse Brasil novo iniciado pelo Governo de Bolsonaro. (Leonardo Bezerra)