Brasileiros se organizam através das redes sociais para grande manifestação em frente aos quarteis dia 19

18/04/2020

Intensa atividade nas redes sociais de milhões de brasileiros desesperados com as atitudes da Câmara dos deputados, Senado e STF vendo como única alternativa pedir ajuda das forças armadas. Essa ajuda será pedida dia 19 em frente de quarteis das forças armadas por todo o país. Além das agressões ao povo promovidas por essas três casas, há ainda as agressões promovidas pelos governadores e prefeitos apoiados pelas casas já mencionadas.

O descontentamento da população brasileira é tão grande, que nem coronavírus está preocupando mais. Tanto é que carreatas e manifestações contra prefeitos e governadores foi o que não faltou na semana.

Quem soube dar um pouco de alivio a esta população sofrida foi justamente o presidente Bolsonaro nesta semana despedindo Mandetta e dando uma tremenda reprimenda em Rodrigo Maia, que era o sonho de todo brasileiro de bem.

Quanto ao resto, o presidente não tem poder suficiente para retirar ou modificar, cabendo o auxílio das forças armadas para isso, quando solicitada pelo povo, pois todo o poder emana do povo.

Assim, o povo se organiza para uma manifestação pacífica e de direito de todos, dia 19 diante de quarteis por todo o Brasil. Os militares aguardam esse pedido, pois sem ele nada é possível. Uma vez mais brilha a esperança nos brasileiros de bem.

As pessoas estão desesperadas, vendo o alimento de seus filhos acabar e sem meios para ganhar o sustento. Quem pensa que os 600 reais é suficiente para manter uma família está muito enganado, isso dá no máximo para uma semana, agravado ainda mais pelos preços elevados dos supermercados, que se aproveitam da situação e pelo número de pessoas em casa, que antes se alimentavam em seus locais de trabalho.

É uma situação triste e difícil em que o povo tem que arriscar suas vidas em busca da sobrevivência. De toda maneira, parece que o que mais mata é a desinformação e o alarde promovida pelos governadores com a finalidade de manter as pessoas presas para enquanto isso continuarem fazendo a farra com as verbas que vem do governo federal.

É muito estranho que coronavírus só pegue em quem deseja sair de casa para trabalhar. Aqueles que nunca pararam de trabalhar, como motoristas, pessoal de supermercados, lojas de materiais de construção, farmácias, padarias, etc. continuam imunes, não se ouve falar de nenhum deles ter sido vítima do vírus. (Leonardo Bezerra)