Em vídeo, artistas que não se venderam ao PT apoiam Regina Duarte

24/01/2020

A era PT, usando da Lei Rouanet, comprou quase todos os artistas do país. Deixando-os presos e falando a mesma língua do nefasto partido. Por isso, tanta perseguição a Bolsonaro por ter cortado essas verbas milionárias que abastecia esquerdistas. Mesmo assim, sobraram no cenário nacional, uns poucos artistas verdadeiros heróis, que nunca se renderam mesmo passando por dificuldades. Esses artistas gravaram um vídeo de apoio a Regina Duarte. (veja o vídeo)

Atores, atrizes, roteiristas, cineasta, diretores, radialistas, apresentadores, músicos e muitos outros artistas gravaram o vídeo de incentivo à Regina Duarte, pois bem sabem que ela precisará do apoio de todos ao iniciar esse trabalho num meio que por muitos anos foi totalmente dominado pela esquerda à custa de milhões dos cofres públicos.

A ideia da renovada Secretaria de Cultura, que pode até a vir a se transformar num ministério, é mudar todo o pessoal esquerdista que há nas várias áreas ligadas à Secretaria e ao mesmo tempo mudar o sentido da arte para uma arte conservadora voltada para os valores belos do ser humano e não mais aquelas aberrações de "homem nu exposto para crianças, quadros ofensivos à fé cristã, e centenas de imoralidades como fila de artista em teatro nus cheirando o traseiro e muito mais"

Com toda essa agitação da prevista entrada de Regina Duarte para a Secretaria da Cultura, até o caloteiro Gilberto Gil, que deve 1 milhão de reais à Lei Rouanet, ousou querer dar conselhos à artista sendo ele um completo fracassado que durante sua estada no Ministério da Cultura, imposto por Lula, não fez coisa nenhuma além de bajular o PT e passar o tempo fora do Ministério apresentando seus shows pouco se importando com seu trabalho, mesmo porque demonstrou que de cultura não entendia nada.

Enquanto que Gilberto Gil tenta dar conselhos furados, ainda pior que isso é o caso do ator José de Abreu atacando sistematicamente a artista sem nenhum motivo além da inveja, pois dizem que o artista alimentou o sonho de "Ministro da Cultura" por vários anos e viu seu sonho desmoronar com a eleição de Bolsonaro. Eis o que diz o referido artista: "A mulher ideal para participar do governo nazista-homofóbico-miliciano".

Por outro lado, há uma expectativa muito grande por parte não só dos artistas do bem como por todos os políticos de direita e a população apoiadora de Bolsonaro. Assim, a deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) compartilhou fotos do encontro entre Bolsonaro e Regina e expressou bem o pensamento dos brasileiros do bem; "Belo encontro, heim?! Regina Duarte será o Sérgio Moro da cultura", escreveu a deputada.

A cada dia que passa se percebe que o Brasil está totalmente dividido, agora só em dois blocos, direita e esquerda. Só que dia a dia a esquerda vai afundando em todos os aspectos; moral, financeiro, e numérico. A recente pesquisa feita sobre a popularidade de Bolsonaro, indica um enorme crescimento de popularidade mesmo sem o Presidente mudar um pingo em sua autenticidade. Ou seja, as pessoas estão se dando conta do valor verdadeiro de Bolsonaro, que vem do trabalho incansável em todas as frentes e de sua personalidade. (Leonardo Bezerra)