Gravíssimo; doutrinação de professores para ensinar crianças e adolescentes a odiarem o Governo

23/01/2020

Relato de uma pessoa da Secretaria de Educação do Distrito Federal diz que teve um curso obrigatório para todos os professores. Um curso de formação de um dia. No local não foi permitido a entrada de celular, mas uma pessoa conseguiu entrar com celular escondido e gravou um vídeo com uma doutrinação das mais perversas com os professores ensinando-os a incitar nas crianças e adolescentes ódio contra Bolsonaro.

Eis o que diz o relato:

"Passaram o dia inteirinho, do curso, ensinando como atrapalhar ao máximo o Governo Bolsonaro. Diziam que é para doutrinar todas as crianças e adolescentes contra o governo, fazer greve ao máximo que puder e provocar a ira do presidente. Quando o presidente reagir com policiamento, é pra todos o acusarem de ditador e tentar o impeachment. Está sendo feito um esquema de guerra contra o governo. Vão começar pelas escolas e universidades, e depois em todos os órgãos públicos. Se tem conhecimento, que em Goiânia está tendo a mesma articulação".


Isto é de uma extrema gravidade. Deve ser divulgado a todos os professores que terão agora uma semana de cursos antes de iniciar as aulas. Para ficarem atentos caso apareça na escola alguém com esse tipo de curso.

Professor tem que aprender em curso de formação é uso dos livros, novos caminhos da educação, etc. e não doutrinação de esquerda incentivando ódio às crianças. Essas pessoas deviam ser presas imediatamente. São petistas esquerdistas de extrema que não medem esforços para destruir o Governo. É pura inveja vendo o crescimento extraordinário em todos os setores.

Esse pessoal tem que acordar e perceber que perderam as eleições, que não mandam mais em nada, que são umas ervas daninhas, uns miseráveis, hipócritas, destruidores do bem. Se não estão felizes aqui, por que não se mudam para a Argentina ou Venezuela? (Leonardo Bezerra)