Jornais e blogs de esquerda exageram com notícias sobre coronavírus para tentar amedrontar manifestantes do dia 15

12/03/2020

Nesta semana, enquanto na China tudo se normaliza e aparecem as pessoas curadas, aqui no Brasil há um excesso de notícias nos jornais e blogs de esquerda com o puro intuito de amedrontar as pessoas e esvaziar as manifestações de dia 15. É mais uma manobra sórdida e desonesta diante do medo de que esse grito dos brasileiros levem os militares a uma ação efetiva após dia 15.

A esquerda inteira está com medo dos brasileiros de bem e já não sabem mais o que inventar para tentar barrar as manifestações. Alguns prefeitos, influenciados e pressionados, chegam até a cogitar em minimizar o número de participantes na manifestação. É algo contra a Constituição, as pessoas tem direito a se manifestar em vias públicas.

Para ter uma ideia de que isso é arbitrário, por que não proibiram o carnaval? Onde milhares de turistas vindos de locais de risco invadiram o Brasil.

Proibir as pessoas de andar em trens lotados, metrô e ônibus com pessoas espremidas umas nas outras nem pensar. Agora proibir pessoas de estarem em ruas abertas, arejadas e não tão grudadas como no metrô, isso sim pensam em fazer.

Também o número de casos de pessoas com coronavírus no Brasil tem sido aumentado sem mais nem menos com o mesmo intuito. Levando-se em conta o número de habitantes do país, esses números não são nada.

Cabe lembrar que há milhares de cidades brasileiras onde o risco é mínimo ou inexistente pois são localidades que quase não tem contato com grandes centros. Como alguém vai pegar coronavírus de uma população totalmente sã?

Nem o Diretor geral da OMS, Organização Mundial da Saúde, vê tanto alarme na doença: " Esta é uma pandemia controlável. Mas precisamos de maior vigilância para identificar, isolar, diagnosticar e tratar caso e romper a cadeia de transmissão". 

É de se estranhar que nem no início das notícias de existência e propagação dessa doença se fez tanto alarme no Brasil como agora. É muita coincidência a imprensa inteira estar falando desse assunto bem às vésperas das manifestações, quando tiveram tanto tempo para fazê-lo, mas pelo visto não interessava.

Podem ter certeza de que depois de dia 15 o assunto "coronavírus" voltará a ser tratado como mais uma epidemia, com nada de alarmante e já em fase de solução e cura como vem ocorrendo em vários países.

Brasileiros de verdade, com ou sem coronavírus vão às manifestações e não se deixarão enganar por essa onda de notícias tendenciosas. (Leonardo Bezerra)