Primeiro dia de Bolsonaro na Índia e os benefícios que trará para oBrasil

25/01/2020

A visita de Bolsonaro à Índia, vai trazer mais uma série enorme de benefícios para o Brasil. Enquanto Lula fica latindo como um cão raivoso morrendo de inveja, o Presidente não perde tempo e trabalha. Suas visitas internacionais tem um cunho de estreitamento de relações e principalmente de negócios extraordinários para o Brasil.

Sua chegada ao hotel em Deli, deu-se por volta das 16h. Estando o local já preparado cercado por seguranças. Já no caminho para o hotel e no portão havia cartazes tradicionais com as fotos de Bolsonaro e do primeiro ministro Narendra Modi com dizeres "bem-vindo" em português e hindi.

Já dentro do hotel o presidente recebeu uma guirlanda de flores, típica hindu e o tradicional bindi, marca feita com cúrcuma na testa.

Seu passeio no primeiro dia foi a um templo hindu e ao mercado Dilli Haat, onde esteve passeando com a filha Laura, 9, e Letícia, 16, filha de Michele do casamento anterior. O mercado é um local que reúne artesãos de várias partes da Índia com as tradicionais variedades como xales, cerâmicas, artesanato, tecidos, etc. Mas Bolsonaro não comprou nada e diz que sempre viaja com US$ 1 mil dólares e volta com US$ 660 e que não usa o cartão corporativo que era extrapolado como faziam os governos anteriores.

Nesta visita oficial à Índia, Bolsonaro vai anunciar cerca de 20 acordos bilaterais visando a segurança jurídica de investidores indianos no Brasil e brasileiros na Índia.

Dida 25, sábado, participa de um banquete oferecido pelo primeiro ministro Narendra Modi e de reuniões com autoridades indianas.

A cada ano, no Dia da República, dia 26 de janeiro, o país convida um mandatário de algum país para as festividades. Neste ano Bolsonaro foi o escolhido como convidado de honra e portanto participará do desfile e das festividades alusivas ao Dia.

Na segunda, dia 27, ele inicia um seminário empresarial Brasil-Índia. Depois irá para o Taj Mahal, um dos mais conhecidos pontos turísticos do país, que será fechado para sua visita e comitiva.

Bolsonaro, sem as gastanças extraordinárias que faziam os antecessores, mostra uma simplicidade e ao mesmo tempo caráter e amor ao Brasil, realizando grandes contatos de negócios que muito vem contribuir para nossas exportações além da vinda de investidores que não só trazem grandes recursos financeiros como também são geradores de empregos para os brasileiros. (das agências internacionais) Leonardo Bezerra