Para desespero da esquerda, Bolsonaro avisa que vai ficar até 1º de janeiro de 2027

11/05/2020

Em conversa com apoiadores, domingo (10), em frente ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro dá um aviso que deixa esquerda, corruptos e mídia arrasados. Diz que só vai sair em 1º de janeiro de 2027. Isto significa participar das próximas eleições para presidente, não deixando a menor chance para Moro e aventureiros:

"Vou sair em 1º de janeiro de 2027", disse o presidente para seus apoiadores que ficaram entusiasmados e felizes.

Enfrentando todos os tipos de inimigos, Congresso, STF, governadores, esquerda, mídia e muitos outros Bolsonaro é mesmo o "mito". Ninguém em sã consciência teria tanta coragem para enfrentar tão grande quantidade de inimigos poderosos que lutam dia e noite para tira-lo do poder.

Esse homem é sem dúvidas o maior herói que o Brasil já conheceu. Mesmo com todos esses enfrentamentos, mantem-se calmo, educado, com humor e quase sempre com atitudes que fazem o deleite dos milhões de seguidores e que deixa os inimigos cada vez mais raivosos.

Uma delas foi o churrasco fake. Teve até quem entrasse na justiça para impedir o tal churrasco. Isso mostra que Bolsonaro é o homem mais vigiado do mundo. Se continuar assim, daqui uns dias vão proibi-lo até de respirar inventando alguma desculpa fajuta.

Bolsonaro é um fenômeno extraordinário e difícil de ser explicado até pelos mais atentos estudiosos de política e de comportamento. Nota-se por um lado, grande capacidade e visão de governo em todas as áreas não deixando nenhum detalhe escapar de seus comandados, que portanto, tem que apresentar sempre um trabalho perfeito.

Aqueles que não o tem feito, como o caso de Moro e outros, não se sentem à vontade para continuar no governo, isso quando não são despedidos como no caso de Mandetta.

Por outro lado, tem conquistado todas as pessoas sérias, patriotas e honestas do país, que vão desde cidadãos comuns, honestos, que sempre sonharam com um presidente que os representasse de verdade, indo contra toda a corrupção até generais, que possuem em sua formação o patriotismo incentivado por Bolsonaro. Por isso mesmo, a cada dia que passa, demonstram cada vez mais seu apoio ao presidente.

Um outro fator que chama a atenção imediatamente é que todos aqueles que de alguma forma vão contra Bolsonaro, muito rapidamente tornam-se inimigos do povo e tudo dá errado para esses inimigos que acabam se destruindo por si mesmos sem que haja o menor esforço do presidente para isso.

Com essa blindagem especial e inexplicável do ponto de vista humano, Bolsonaro pode ter a certeza mesmo de sair somente depois do segundo mandato. E no que depender de seus apoiadores, isso já está garantido. (Leonardo Bezerra) DEIXE SEU COMENTÁRIO