Políticos inimigos do Brasil tentam tirar o máximo proveito do coronavírus para prejudicar o governo Bolsonaro

18/03/2020

Oportunistas de toda espécie e sem caráter estão se aproveitando da situação do coronavírus para prejudicar o governo. Vai desde críticas por Bolsonaro ter se aproximado da população até ficar enrolando o pedido do governo para o Congresso reconhecer estado de "calamidade pública".

A mídia esquerdista passa o dia todo alardeando o coronavírus e colocando pânico na população. O intuito é um só, aos poucos ir direcionando a culpa de tudo para o governo de Jair Bolsonaro com a finalidade de derruba-lo.

Só que esquecem que em tempos de internet ninguém é mais bobo para acreditar nessa mídia que já foi desmascarada há muito tempo. Por outro lado, as manifestações provaram que o Brasil inteiro está do lado de Bolsonaro haja o que houver. Portanto, qualquer tentativa contra o governo é uma tentativa direta ao povo.

Para esses oportunistas, quanto pior melhor. Sabem que com comércios fechados e com pouca circulação de pessoas nas ruas, haverá menos vendas e portanto menos impostos arrecadados e agravado a isso os milhões que serão empregados no controle da doença.

Sobre o dinheiro roubado pelo PT que agora faz falta ninguém fala; poderia se ter mais hospitais se dinheiro não tivesse ido para construir porto em Cuba, obras na Nicarágua e vários outros países de esquerda, estádios para a Copa do Mundo, milhões na conta de Lula no exterior. Se Se ex-presidentes não andassem pelo mundo gastando a vontade para difamar o nome do país, se salário de políticos não fossem exorbitantes... e essa turma ainda acha que tem moral para dizer que a culpa é de Bolsonaro?

Vários políticos de direita estão levantando a hipótese de se usar o "fundão eleitoral", que são os milhões reservados para os políticos fazerem campanha eleitoral. Um dinheiro inútil que provavelmente não abrirão mão. Hoje ninguém escolhe candidato através de cartazes, santinhos e toda essa papelada inútil. O fato comprovado foi a candidatura de Bolsonaro, que sem dinheiro é só através das Internet fez sua campanha sem gastar nada.

Políticos de esquerda querem colocar a culpa de tudo no governo. Fuga e soltura de presos, falta de hospitais, e daqui a pouco até a falta de álcool gel será culpa de Bolsonaro. Nunca no mundo alguém foi culpado de tantas coisas ao mesmo tempo. Só na imaginação demoníaca da esquerda isso é possível.

O povo está por um fio para estourar diante desses corruptos. Da próxima vez, com ou sem generais os brasileiros vão ter que decidir a questão. Por isso mesmo, Guzzo disse algo muito acertado no Jornal Gazeta do Povo no dia 16;

"O presidente passou a imagem do homem que tem coragem de ir onde o povo está, num momento de perigo, enquanto os adversários se escondem pelos cantos. Os bolsonaristas vibras. Ele não perde um voto. Os outros não ganham nada. Aí, para completar a obra prima, entram com um pedido de "impeachment". E quem apresenta o pedido? O ator Alexandre Frota. É uma piada cinco estrelas; um pedido como esse desmoralizaria o impeachment de Idi Amin. Bolsonaro desse jeito, vai ter que fazer muita força para perder."

Muito sensato. A Bolsonaro não precisa fazer nada para ser grande, apenas espera confortavelmente a esquerda ser pequena a cada dia que passa. (Leonardo Bezerra)