Saiba o que é o nióbio anunciado por Bolsonaro

28/11/2019

O Presidente Jair Bolsonaro é mesmo inovador em todas as áreas. Enquanto governos anteriores só pensavam em enriquecer através de inúmeras falcatruas, Bolsonaro há tempos que se preocupa com o Brasil em todos os seus aspectos. E um deles é a nossa imensa riqueza mineral que não ficou desapercebida do Presidente.

O nióbio, até pouco tempo, era um mineral praticamente desconhecido da população, embora seja uma imensa fonte de riqueza para o Brasil.

O Brasil é responsável por abastecer mais de 90% do mercado mundial. Entre suas utilidades está a de ampliar a resistência do aço, o que possibilita uma economia superior a 20% na quantidade de material utilizado e a uma redução de 30% de seu peso.

Para se ter uma idéia, bastam 100 gramas de nióbio (a um custo de cerca de US$ 8) para cada tonelada de aço, para ampliar a força de ligação de seus átomos e, por assim, aumentar suas resistências térmica e mecânica, bem como a capacidade de absorver cargas sem se romper ou deformar. O nióbio também amplia a capacidade de solda a outros materiais, e afasta o risco de corrosão de metais.

Com estas características tem grande importância a nível mundial na construção de aviões, foguetes, turbinas, estruturas metálicas, peças automotivas, trilhos, baterias, navios, sensores, supercondutores, lentes, e mais uma incontável gama de utilidades.

A maior parte do nióbio disponível no mundo encontra-se no Brasil, entretanto, devido a falta de visão e coerência de governos anteriores, este fato não tem sido explorado devidamente e o produto tem sido vendido com matéria prima.

Na visão de Jair Bolsonaro, isso deve mudar. O Brasil deve parar de vender matéria prima bruta e sim fazer parcerias, o que virá trazer inúmeros benefícios e lucros para o país.

Por sorte, os brasileiros agora tem um presidente de visão e uma capacidade imensa para perceber o que é mais importante para nosso pais. (Leonardo Bezerra).