Toffoli com medo de manifestações de dia 15 diz; "tem que ver limites"

07/03/2020

O cerco começa a fechar para Congresso e STF, tanto é que Congresso aprova rapidinho o veto do Presidente sobre os R$ 30 bilhões numa tentativa desesperada de mostrar ao povo que está tudo bem. Já Dias Toffoli (STF) em entrevista à Rádio Gaúcha, dia 6, fala em "limites" sobre a manifestação. O engraçado é que nunca houve limites para movimentos armados e destruidores como o MST e outros.

Não dá para entender tanto medo. Quem não deve não teme. A primeira demonstração de quem deve é o medo. E agora medo é o que não falta nas duas casas do governo, Congresso e STF.

É tarde para voltar atrás, aguenta o povo em massa por todo o Brasil num grito que está preso na garganta há muito tempo o grito de apoio a Bolsonaro, mas que esta vez é diferente de todos os outros gritos. Está embutido em cada grito; "ninguém aguenta mais tantos erros e tantos desrespeito ao povo e a Constituição".

Como alguém pode explicar um Lula solto, e ainda difamando o Governo e o Brasil na Europa com dinheiro do povo? Como explicar os salários milionários e as mordomias dessa gente que além de não fazer nada de útil, de sério e correto, vivem o tempo todo planejando meios para destruir o governo?

"Segundo o jornalista, Robson Bonin, comentou em blog Radar em Veja, que, se a massa bolsonarista avançar, o STF tem instrumentos para lidar com a situação e vai usá-los".

TEMAS RELACIONADOS: 

Milhões de brasileiros estão sendo prejudicados todos os dias por uma minoria; contagem regressiva para 15 de março 

Enquanto toda essa gente planeja agressões e tentativas de derrubar o Governo legitimamente escolhido pelo povo, Bolsonaro empenha-se pelo Brasil com viajem aos Estados Unidos para trazer o melhor para nosso país e parece estar mesmo "vacinado" contra todo tipo de maldades que essa gente planeja.

Sábado dia 7, terá encontro com o presidente americano cujo tema entre outros será acordos na área militar. Na segunda participará de Seminário Empresarial Brasil-Estados Unidos e visitará a fábrica da Embraer antes do retorno ao Brasil.

É mesmo de se admirar enquanto por um lado Bolsonaro expressa felicidade o tempo todo mesmo diante de um governo turbulento e quase sem recursos, essa turma do mau só mostra cara feia, derrota, ódio em tudo que fazem e falam. Na verdade é porque no fundo sabem que o bem sempre vence e o que lhes espera é a cadeia. É só uma questão de tempo. (Leonardo Bezerra)